A SUA REVISTA POLÍTICA

NEWS

MINISTÉRIO DA DEFESA CHAMA MILITARES

Lideranças de Graduados é convocada em Brasília para reunião com Gen.    Luiz Ramos

whatsappblack.png
  • Facebook
  • Twitter

AÇÃO RÁPIDA DO MD SURPREENDE

A ação do Ministério da Defesa na pessoa do General Luiz Ramos em resposta a ação de pouco mais de 30 militares que somados as vozes de milhares outros, manifestaram-se em frente ao Centro de Instrução Almirante Alexandrino, na formatura que ocorreu no dia 10 de Setembro de 2020, resultou de forma rápida e incisa ao convocar lideranças da tropa, junto a alguns deputados e o Sub Márcio, um dos poucos que estará com a responsabilidade de levar ao Ministro as reivindicações que tanto aflige a tropa.

A reunião tão requisitada nos últimos meses pelos militares graduados, a principio com o Presidente Jair Bolsonaro, foi frustada com o silencio do planalto e algumas frases desagradáveis proferidas por generais a respeito dos militares praças.

Apesar das tentativas dos senadores Major Olímpio e Izalci, foi através  do (Major Vitor Hugo), ex-líder da Câmara a escolha para o atendimento da reivindicação pelo Ministério da Defesa.

A realidade é que os veteranos militares e esposas de militares uniram-se em um grupo e acamparam as portas do CIAA clamando por justiça. Em pleno andamento da cerimônia, as palavras de ordem foram ouvidas por todos causando um certo desconforto a cerimonia onde o presidente ao final tirou fotos com os formandos que não esconderam a alegria da presença do convidado especial e sua comitiva.

AS FORMANDAS COMEMORARAM A PRESENÇA DO CONVIDADO ESPECIAL DA FORMATURA COM A BANDEIRA AO FUNDO CENÁRIO DE UMA NOVA FASE POLITICA NO BRASIL

ALHEIO A MANIFESTAÇÃO PRESIDENTE PASSA INSPEÇÃO A GUARDA MILITAR ARMADA PERFILADO COM UNIFORME 5.3 DE GALA, 

A TROPA DIVIDIDA

A expressão "TRAIDOR" não é nova no contexto politico atualmente incitada pelos militares. A verdade é que a tropa esta dividida e por isso alguns invocam as promessas feitas pelo Presidente de que em sendo eleito haveria de reparar as injustiças a respeito dos soldos e proventos dos militares.

Para muitos essa promessa foi quebrada e não há mais o que esperar. No entanto, outra ala, insiste em aguardar pois insiste que ainda há muito a ser feito pela frente e que o presidente irá de certa forma reparar os erros cometidos. 

Talvez por esse motivo, que eram poucos os militares manifestantes, porém a repercussão pela imprensa afoita por uma reviravolta acelerou o processo que somada as vozes das redes sociais acabou por avolumar a questão por se tratar dos militares e da luta que estes vem desenvolvendo desde a PL 1645/19.

AVALIAÇÕES DE VETERANOS

Algumas lideranças dos veteranos como Sub Tenente Edson Silva Comentarista da Revista Bancada News e o Bispo Paulo Santos Candidato a Vereador pelo Rio, concederam parecer a revista sobre a questão dessa reunião:

 

Para nós fica claro que apenas uma reunião não irá solucionar todos os problemas que aflige as categorias envolvidas que são muitas. Existem os interesses do Quadro Especial do EB, da Marinha e da Aeronáutica sem falar os 41% alusivos aos Sub Oficiais entre outras reivindicações que chegam aos pensionistas e reformados. Logo, a solução seria a criação de Comissões de cada categoria que de forma cordata e bem definida, poderiam debater com a Comissão do Governo envidando parecer final para cada situação. 

No entanto,  tudo a respeito dessa reunião é uma incógnita, pois apenas foi feita a convocação ou convite pelo Ministério da Defesa, mais nada foi revelado sobre a agenda dessa reunião.

OS NOVOS SARGENTOS DA MARINHA COMEMORAM COM O PRESIDENTE EM CLARO MOMENTO DE DESCONTRAÇÃO EM FOTO INÉDITA  COM CHAPÉU DOS PRAÇAS

30 Manifestantes moveram o Brasil e foram 

aclamados como heróis pela tropa enquanto  bolsonarista

no youtube os classificava de petistas infiltrados provocando risos dos Militares

ENTREVISTANDO UM DOS CONVIDADOS A REUNIÃO

O Sub Oficial da Reserva da FAB, Marcio Rodrigues de Carvalho, foi um dos convidados especiais para estar com o Ministro na reunião de amanhã em Brasilia no Gabinete do Ministério da Defesa.

 

Marcio tem consciência da imensa responsabilidade pois estará representando diversos segmentos de irmãos de armas com muitas reivindicações pendentes e outras, mais atendendo a revista adiantou alguns pontos principais que pretende abordar em tendo oportunidade de se expor ao Ministro. 

UM FURO DE REPORTAGEM​

17a493b7-54d4-4e70-8467-fdb925d2ade9.jpg

SO FAB MÁRCIO

UMA DAS PAUTAS DA REUNIÃO 

"Os QE tiveram seu direito de realizar o CAS, como curso de carreira, cerceado e queremos que seja liberado para os que estão ainda na ativa, bem como reparar os da reserva, nos mesmos moldes da reparação dos de escola  da lacuna." 

 

"Sgt Gonçalves, QE, me lembrou que temos que olhar para os cabos e soldados estabilizados, principalmente em fronteira".

26c99b66-54fb-4778-b172-553e723c62e2.jpg