A SUA REVISTA POLÍTICA

NEWS

LIDERANÇAS REGIONAIS

PRAÇA APOIA PRAÇA

O site "PRAÇA APOIA PRAÇA" envidou enquete buscando nomes que representassem os praças e a escolha surpreendeu!

whatsappblack.png
  • Facebook
  • Twitter

CONVENÇÃO PARTIDÁRIA

A Revista Praça Apoia Praça tomou uma iniciativa ousada que esta mexendo com as bases dos graduados. 

Em face de tantos nomes e personalidades que buscam em Brasilia a representatividade dos graduados, a revista optou em ouvir o publico militar com nomes proeminentes na sua representatividade e a resposta da enquete surpreendeu.

 

"SEGUNDO ALGUMAS LIDERANÇAS FALTARAM NOMES A SER INCLUSO NA ENQUENTE MAIS SEGUNDO JOSIAS EDITOR CHFE DA REVISTA, ESSE É APENAS O INICIO E A ENQUETE FICARÁ NO AR POR TEMPO INDETERMINADO" 

Segundo o gráfico da revista, o veterano carioca e hoje residente na Ilha de Marajó Sub Tenente Edson Silva do Grupo LIDERANÇAS REGIONAIS, que conta com várias representatividades em regiões do país dispara na frente com 53% em relação aos demais colocados.

O modesto parecer de Edson Silva

"A DIFERENÇA ESTÁ NO RESULTADO DE NOSSAS AÇÕES. AO FINAL, AS NOSSAS PETIÇÕES SÃO TODAS RESPONDIDAS PELO GOVERNO FEDERAL E PARTE DELAS JA FORAM ATENDIDAS O QUE TALVEZ TENHA CONTRIBUÍDO PARA MUITOS MILITARES QUE ESTAO MAIS ATENTOS EM RESULTADOS POSITIVOS DO QUE PARA RECLAMAÇÕES SOBRE GENERAIS, MINISTROS OU O PRÓPRIO PRESIDENTE.

Segundo o veterano Edson Silva, o Lideranças ja enviou a presidencia várias petições como o do SARGENTO MOR onde pediu seu arquivamento por não atender os interesses dos graduados.

Click no link e vá para essa reportagem exclusiva do LIDERANÇAS (LID REG) sobre a Queda do Sargento Mor

 

SITE VOLTADO PARA O INTERESSE DOS GRADUADOS PRAÇAS

GRUPO DE VETERANOS DEFENDENDO INTERESSES DOS GRADUADOS

"ENQUANTO UMA VERTENTE BUSCA CHAMAR A ATENÇÃO DA MIDIA E DA SOCIEDADE PELOS ATOS DE MANIFESTAÇÃO, OUTROS COMO O BISPO PAULO SOMA FORÇAS PARA COLHER 20 MIL ASSINATURAS PARA ENTRAR COM UM PEDIDO NA CÂMARA FEDERAL BUSCANDO ASSIM QUE AS TAIS CORREÇÕES SEJAM FEITAS. SEGUNDO ELE, OS DEPUTADOS E SENADORES TEM POR OBRIGAÇÃO CORRIGIREM OS ERROS COMETIDOS. EM PARALELO SEGUE O VETERANO ANDRÉ SILVA COM ENVIOS DE OFICIOS AO GOVERNO FEDERAL BUSCANDO CORRIGIR AS DISTORÇÕES VIGENTES".

A  LUTA AO FINAL CONTINUA....

UM LÍDER ATUANTE

Embora não faça parte do grupo atuante que reivindica alterações da Lei 13954/19, os LID REG não critica o grupo. Para eles as manifestações são válidas desde que ordeira e pacifica respeitando-se a hierarquia e a disciplina, pontos fundamentais da democracia militar.

 

"DEVEMOS RESPEITAR PARA SERMOS RESPEITADOS. DIZ O BISPO PAULO SANTOS COMENTARISTA DA REVISTA. QUANDO O RESPEITO FRACASSA O DIÁLOGO TORNA-SE PESSOAL E FOGE TOTALMENTE AOS INTERESSES DO GRUPO" 

Graças ao diálogo, estamos avançando e nossas solicitações foram ouvidas diz Edson Silva. O Auxilio Emergencial foi um deles.

Em paralelo, segue o pleito do Sargento Mor e as questões dos PRETERIDOS sem falar o PASEP entre outros e que se encontram em avaliação pelo governo federal.

"O RESPEITO AO NOSSO PRESIDENTE DEVE SER SEMPRE DEMONSTRADO. TEMOS MEIOS LEGAIS DE  CONSEGUIR O QUE DESEJAMOSM PARA ISSO TEMOS A CASA DAS LEIS A DISPOR DA SOCIEDADE E SE PRECISAMOS VAMOS A ELA PARA OBTERMOS OS NOSSOS DIREITOS E CORRIGIRMOS DISTORÇÕES.

"MILITARES DESCONTENTES COM A POSIÇÃO ANTAGÔNICA DO GOVERNO NA FORMA DE TRATAMENTO INCENTIVA AÇÕES DIRETA E PUBLICA EXIGINDO REPARAÇÃO DE DIREITOS.

OS MILITARES VETERANOS APOIADOS POR CIVIS E DA RESERVA ENTRE OUTROS INSISTEM QUE SOMENTE A MODIFICAÇÃO DA LEI 13954/19  PODE ACALMAR OS ANIMOS E A TROPA