A SUA REVISTA POLÍTICA

NEWS

MINISTRO DA DEFESA APRESENTA OS NOVOS COMANDANTES AO PRESIDENTE

É A PRIMEIRA VEZ QUE  TRÊS COMANDANTES  SAEM SIMULTANEAMENTE.

EM TEMPO RECORDE OS SUBSTITUTOS FORAM ESCOLHIDOS, DESIGNADOS E APRESENTADOS AO PRESIDENTE DA REPÚBLICA

  • whatsappblack
  • Facebook
  • Twitter
NOVOS COMANDANTES NAS FFAA

O desenrolar das atividades políticas da semana deram uma forte guinada que mudou todo o cenário relativo ao contexto politico nacional, principalmente aos militares graduados das Forças Armadas (Marinha, Exército e Aeronáutica).

A principio para a sociedade como um todo, nada muda mais para os militares (principalmente graduados e Quadro Especial) acende-se uma luz no fim do túnel com novos nomes no comando central das forças sem falar o novo Ministro da Defesa que pela rapidez de nomeações mostra que há um forte alinhamento com a caserna.

 

A insatisfação do presidente com o comandante do Exercito General Edson Pujol, levou o presidente a solicitar sua substituição ao Ministro da Defesa na ocasião General Azevedo e Silva que não atendeu abrindo assim, um precedente para a sua substituição pelo General Braga Neto, que já ocupava cargo na presidência (Secretaria do Governo). 

Por outro lado, o presidente mostra que realmente é o Chefe Supremo das Forças Armadas e que o poder de decisão final sobre o emprego das FFAA esta na competência do PRESREP.

General Valter Souza Braga Neto

O novo braço forte do Governo Bolsonaro

OS NOVOS COMANDANTES
Segue abaixo os novos nomes dos Comandantes das FFAA

MARINHA DO BRASIL

EXÉRCITO BRASILEIRO

Alte de Esquadra

Almir Garnier Santos

General de Exército

Paulo Sergio N. de Oliveira

FORÇA AÉREA BRASILEIRA

Brigadeiro

Carlos Alberto Batista Junior

39685708_2133286530247057_15483359722010
A ESPERANÇA NÃO MORRE
PARA MILITARES E PENSIONISTAS

Para os militares das FFAA, principalmente os veteranos, bem como, as PENSIONISTAS DE MILITARES que foram e muito prejudicados pela Lei 13.954/2019, abre-se um leque de novas oportunidades dos seus direitos serem revistos.

Nas conversas em mídias sociais, a classe militar não esconde a satisfação com a saída dos antigos comandantes que negavam-se a ouvi-los e sequer os atender. Considerados e tratados como uma escória social pelos ex comandantes, os militares e as pensionistas esperam agora que possam ser ouvidos de forma respeitosa pelos novos comandantes e pelo Ministro da Defesa. 

O LIDERANÇAS REGIONAIS um dos grupos de maior acesso as solicitações efetuadas aos autoridades competentes, tem se esforçado em pleitear solicitações de interesse tanto dos dos militares quanto das pensionistas como a inclusão dos 28,86% nos Contra Cheques e a questão de revisão do PASEP aos militares entre outras solicitações da classe militar.