A SUA REVISTA POLÍTICA

NEWS

VETERANOS GRADUADOS EM FOCO NA LIVE 

O ENCONTRO CONTOU COM A PARTICIPAÇÃO DE LIDERANÇAS (ABBMP E SINDI MIL) DE GRADUADOS E OS DEPUTADOS GENERAL PETERNELI E O BRIGADEIRO ATILA MAIA.

whatsappblack.png
  • Facebook
  • Twitter

VETERANOS GRADUADOS NAS MÍDIAS

 

?Veteranos graduados de importantes segmentos associados participaram de uma live com lideres e deputados, observando várias pautas de grande importância no segmento militar.

A live mostra a interação e vários pontos onde destacamos o parecer do General de Exercito Reformado PETERNELI e hoje Deputado Federal em exercício no Congresso Nacional que deixou importante parecer sobre o SINDICATO DOS MILITARES onde também estava presente o próprio Presidente do Sindicato.

 

O SIND MIL, vem encontrando dificuldades de aceitabilidade pelo governo federal no desenvolvimento de suas atribuições como representante da classe militar em defesa de seus direitos.

VETERANOS GRADUADOS NAS MÍDIAS

 

Veteranos graduados de importantes segmentos associados participaram de uma live com lideres e deputados, observando várias pautas de grande importância no segmento militar.

A live mostra a interação e vários pontos onde destacamos o parecer do General de Exercito Reformado PETERNELI e hoje Deputado Federal em exercício no Congresso Nacional que deixou importante parecer sobre o SINDICATO DOS MILITARES onde também estava presente o próprio Presidente do Sindicato.

 

A ABBMP (Associação Brasileira Bancada de Militares Praças) representada pelo seu Presidente Ubirajara Rocha enfatiza sempre a importância dos militares nas questões politicas e o esforço que tem feito buscando representar os seus associados em Brasília nas pautas de interesse da tropa.

A verdade é que falta a ABBMP um padrinho em Brasília que abrace a instituição para que possa estar presente nas principais pautas e questões que abrange os militares.

SINDICATO DOS MILITARES LUTANDO PELA CLASSE

 

Uma rápida conversa com o Presidente do SIND MIL (Veterano bacharel em direito Dr George Brito) torna claro que os graduados tem fortes argumentos (incontesti) nas questões militares, quer seja sobre o Regulamento Disciplinar Militar (RDM) e seus artigos como o famoso artigo 7º praticamente contra o graduado em todos seus paragráfos, quer seja sobre o Estatuto  dos Militares, e ate mesmo sobre o direito dos militares a um Sindicato próprio.

Em pleno século 21, a única categoria no mundo sem voz ou sequer representatividade trabalhista ou mesmo social é o militar graduado das FFAA brasileira.

Em tudo são os oficiais que falam pelos militares e na realidade é CONTRAVENÇÃO DISCIPLINARE manifestar-se ou emitir qualquer parecer contrario as autoridades instituídas.

O militar só tem direito de cumprir e estas entre outras aberrações segundo George Brito entre outros, tem contribuído para o fortalecimento do SIND MIL.

A prova disso, esta que a Pl 1645 tramitou e foi aprovada sem que fosse formalizada sequer uma Comissão de Militares Graduados para que fossem ouvidos mais ao contrário, foram blindados nos corredores e gabinetes dos deputados que se negaram a ouvi-los e os deixaram a deriva nos corredores do congresso. 

Que venham as insígnas, demonstração do orgulho de ser militar

DENÚNCIA SÉRIA

 

Segundo o Presidente do SIND MIL, generais 4 estrelas vem enredando esforços na tentativa de ANULAR ou CONGELAR o Sindicato dos Militares o tornando INOPERANTE em suas atividades.

Segundo algumas lideranças, os generais estão conscios do poder que o sindicato pode alavancar epor isso , todos os meios estão sendo empregados para ESTANCAR essa sangria chamada SINDICATO.

Desde anulação do CNPJ, invalidação cartorária entre outros meios, todos refutados e combatidos pela junta jurídica do Sindicato, a verdade é que os graduados e grande parte da liderança ainda não entendeu que somente a coalização de Associações e Grupos de Líderes poderão em conjunto alcançar metas de maior representatividade legislativa e legal em favor dos militares graduados veteranos praças que um dia deram o seu sangue para que o Brasil seja verdadeiramente uma democracia.