A SUA REVISTA POLÍTICA

NEWS

QUADRO ESPECIAL DAS FORÇAS ARMADAS

Grupo de Militares Veteranos (Cabos e Sargentos) efetuam amplo debate nas Redes Virtuais e deixam duro recado "Não se deixa soldado ferido para trás" 

whatsappblack.png
  • Facebook
  • Twitter

 As questões dos graduados praças das FFAA, bem como, do Quadro Especial, levou grupo de notáveis das três forças a criarem um grupo forte e unido na busca por reparações de seus direitos, ate então tido por alienaveis e nunca antes mexido por nenhum Presidente da Republica.

Segundo os militares, a classe sempre pagou seus tributos como pensão militar, Fusma entre outros descontados ao longo da carreira bem como, na reserva e reforma pelo tempo que o militar viver assim como os beneficiarios.

Logo, as perdas que se somaram a lei 13.954/19 foge ao conceito matemático da isonomia proposta quando oficiais e parte de alguns graduados são beneficiados com novos termos como altos estudos entre outros, que ao final, deixam para trás militares que de igual forma calgaram sua carreira militar no mérito exclusivo de profissionalismo, cursos, carreira, promoções e reconhecimentos. 

O acréscimo de nova termologia (ALTOS ESTUDOS) que nunca fez parte do contexto militar para praças graduados, surge agora como a cereja escondida a anos em cima do bolo e para surpresa de muitos que nao a tinham para oferecer e que por isso foram simplesmente esquecidos pelo estamento superior. Pior! Como cicatriz dessa batalha a qual não tiveram nenhuma chance de defesa ou sequer o de serem ouvidos, segundo especialistas acumularam perdas significativas em seus salarios prejudicando o "modos vivent" de familias inteiras dos menos graduados e que por força de seus compromissos nao puderam fazer os tais estudos de nivel superior justamente por estarem envolvidos em amar e se dedicar a pátria.

"Não queremos ser os melhores, só não queremos ser esquecidos!" 

1917

Um filme épico de dois militares que na 1ª Guerra Mundial atravessam linhas inimigas para levar uma mensagem que pode salvar seus companheiros não é diferente dos dias de hoje onde um grupo de elite tenta de toda sorte salvar a sua classe e seus companheiros de armas do esquecimento dos seus líderes.

GRUPO DO QUADRO ESPECIAL

Em um dos debates intensos que ocorrem diariamente em um grupo lotado de militares do Quadro Especial ( QESA, QESM, QE e simpatizantes), veteranos debatem temas de importãncia da classe do dia a dia e é inegável a insatisfação e o desapontamento com a Lei 13954/19. Em um desses debates, surgiu do CABO QESA REFORMADO MARTINELLI - BARBACENA - MG a solicitação para que a Revista Bancada News publica-se  uma reportagem sobre a categoria e mandou um pedido ao presidente.

 

""BOLSONARO ACABE LOGO COM O SOFRIMENTO DA TROPA. NÃO PRECISA FALAR UM "A" DE RUIM, UM "B" BOM. NOS FAÇA UMA EMENDA DE PROMOÇÃO DOS QESA MAIS ANTIGOS...A SUBOFICIAL.

De fato, uma promoção aos praças antigos ajudaria nas correções e diferenças que cada graduado vem sofrendo em suas contas bancarias

Cabo Martineli em sua foto de perfil no grupo