A SUA REVISTA POLÍTICA

NEWS

RENASCE O SUB TENENTE MOR

Veterano do EB (ST Edson Silva) envia solicitação ao Presidente da República para reativar a viabilidade de criar o Sub Tenente Mor para as FFAA.

A solicitação está em possível estudo pelo Ministerio da Defesa. 

  • whatsappblack
  • Facebook
  • Twitter
A POSSIBILIDADE DO SUB TENENTE MOR É UMA REALIDADE PRESENTE

O Sub Tenente do Exercito Brasileiro (ST. EB) Edson Silva, dispôs em sua Rede de Mídia, que ingressou com uma solicitação no dia 18 de Maio ao Ministro da Defesa, General Braga Neto, pela inclusão no sistema de graduações e postos nas FFAA, da graduação de Sub Tenente MOR, sugerida a algum tempo pelo próprio Presidente da República Jair Bolsonaro.

O Veterano militar, encaminhou a solicitação constando também em paralelo a diminuição de intersticio (intervalos existentes entre graduações), que prejudicou os praças na nova Lei 13.954/2019.

A graduação de Sub Tenente Mor, seria uma graduação que seria alocada segundo ele, entre o Sub Tenente e o aspirante a oficial com elevação do Soldo.

O Sargento Veterano do Quadro Especial Bispo Paulo Santos, editor desta Revista, entende que a diferença seria muito pouca e que o certo a ser solicitado seria que o Sub Tenente Mor ficasse com seu soldo abaixo do de Segundo Tenente e acima de aspirante, uma vez que esse ainda é aluno o que não representa o caso do Sub Tenente que já é especializado e esta estabelecido em fim de carreira.

ewdson%20e%20ivone_edited.jpg

O Veterano do EB, Sub Tenente Edson Silva tem sido voz constante nas salas de reuniões do Ministério da Defesa em suas solicitações em prol dos militares das FFAA.

45348d3d-2ad4-4044-84a4-c774c9476226.jpe

A LUTA POR MELHORIAS E PELOS MILITARES NO RIO

96808540_144266647155617_843689691860434

Veterano Paulo Santos é hoje Bispo Evangélico Independente e vem somando esforço na luta pelos militares e por questões sociais de grande importancia em favor principalmente dos moradores da Zona Oeste do Rio. Em 2019 participou de várias reuniões com o Prefeito do Rio Marcelo Crivela na busca de soluções para melhorias em Bangu, principalmente nas Clinicas da Familia e na instalação de Academias de Idosos, ainda na pauta de estudos da prefeitura aguardando até hoje sua realização pelo prefeito Eduardo Paes

A INCLUSÃO DO QUADRO ESPECIAL NO SISTEMA "MOR" DE PROMOÇÕES

O Sargento da Marinha do Brasil (SG-MB) Paulo Santos, estuda com sua equipe a viabilidade de incluir junto a solicitação do militar veterano do EB, Edson Silva, a inclusão dos Sargentos do Quadro Especial da Marinha, que estão de igual forma prejudicados pela nova Lei sem falar de muitos que perderam a promoção a posto acima em face de intersticios já estabelecidos e sem chance de promoção na sua passagem para a reserva.

 

Segundo ele, muitos militares, ficaram mais de 6 anos na graduação de Sargentos, cumprindo as mesmas obrigações que os demais sargentos e ao final seguiram para a reserva como Terceiros Sargentos, sem nenhuma promoção ou benefício, tendo imenso prejuízo financeiro em suas carreiras.

O militar acredita que para os oficiais da Marinha, o Quadro Especial é uma premiação a qual o militar deve agradecer por ter sido abrangido por ela, mais na realidade, o Quadro Especial foi criado pelo Almirante Maximiano da Fonseca para reparar a injustiça provocada pelo ingresso das mulheres nas fileiras navais com acesso por concurso as Escolas de Formação.

 

A época, elas já ingressavam na MB como Cabos (por serem especializadas) e ao fim do curso, eram promovidas automaticamente a Terceiros Sargentos.

Na ocasião, a reclamação foi grande nas fileiras da MB e o então Ministro da Marinha, cedeu criando o Quadro Especial de Sargentos da Marinha, com progressão de carreira normal como os concursados sem prejuízo a mesma, o que não ocorreu, pois foram aumentados os intersticios prejudicando os militares do Quadro Especial as promoções subsequentes. 

sind mil].jpg
AMARP.jfif
pp (1).jfif
Praça-vota-em-Praça.png
abbmp.png

INSTITUIÇÕES ASSOCIATIVAS DE
MILITARES DAS FFAA SOMAM FORÇAS

A inclusão de luta pelos interesses das classes de Forças Auxiliares e Pensionistas deve ser enfatizada visando a obtenção do direito de todos com equidade e justiça.

6745dc0b-b628-4841-a932-1f82b572e832.jfi

APOIO AOS VETERANOS, PENSIONISTAS E SOCIEDADE BRASILEIRA

6745dc0b-b628-4841-a932-1f82b572e832.jfi
4e337dd2-30e2-4a16-b1af-f94bb7212e6e.jpg
PROJETO%20RIO_edited.jpg
103455197_151149123137384_65433620171141

DIREITO MILITAR

piloto barros e sá.jpg
jairo.jpg
piloto atuação.jpg