A SUA REVISTA POLÍTICA

NEWS

omsnews.png

Publicação errada contra a hidroxicloroquina já foi apagada pelos autores

whatsappblack.png
  • Facebook
  • Twitter

A Organização Mundial de Saúde (OMS) pediu desculpas pela controvérsia gerada com o posicionamento da entidade em relação a pesquisas sobre a eficácia da hidroxicloroquina no tratamento da Covid-19.

“Nos desculpamos coletivamente pela imagem de confusão que os estudos podem dar, mas é preciso seguir evidências científicas e garantir que as pessoas que entram nestes testes clínicos o façam de forma segura, que se dê prioridade ao bem-estar delas”, disse o diretor-executivo para Emergências da OMS, Mike Ryan, em entrevista coletiva.

 

No final de maio, o Órgão havia suspendido os testes com o fármaco, depois que a revista científica “The Lancet” publicou uma pesquisa que havia considerado o medicamento ineficaz contra a Covid-19 e perigoso.

Recentemente, a Revista se retratou, pois confirmou que a pesquisa estava equivocada. A publicação inicial contra a Cloroquina já foi apagada pelos autores.

 

Aguardaremos as cenas dos próximos capítulos da OMS pra saber se usa ou não a hidroxicloroquina enquanto as pessoas morrem? Querem a todo custo desacreditar o seu uso e para isso usam até pesquisas fraudulentas e enganosas com qual intuito? Não adianta, a mentira 'tem pernas curtas'.

Editorial Revista Bancada News

LPZ Fire.jpg

NÃO É SÓ PARA IDOSO